REALIDADE FIGITAL

Como podemos conviver com a nova realidade?

Por JOHANN SCHNEIDER

Entre as 10 principais tendências globais de consumo 2021, que a Euromonitor apresenta, destacamos o encontro entre os mundos físico e digital.
“Com as ferramentas digitais, os consumidores ficarão conectados em casa e voltarão com segurança para o mundo exterior quando as economias reabrirem. A Realidade Figital é um modelo híbrido formado pelos mundos físico e virtual, em que os consumidores podem viver, trabalhar, fazer compras e se divertir, fisicamente e online.
As empresas podem integrar processos virtuais nos espaços físicos para oferecer o conforto de uma visita aos consumidores que preferem ficar em casa. A oferta de experiências virtuais nos lares ainda é crucial para impulsionar as vendas online e a coleta de dados.”

DENTRO E FORA DE CASA, TUDO É DIGITAL

“Os consumidores recorreram aos dispositivos com conexão à internet para manter suas rotinas em meio aos lockdowns que marcaram a pandemia de COVID-19. Usando tecnologias como videoconferência, aparelhos inteligentes, realidade aumentada (RA) e realidade virtual (RV), os consumidores criaram novos
hábitos de trabalho, estudo, prática de exercícios, compras e socialização. Estas ferramentas digitais viabilizaram a Realidade Figital, que mantém os consumidores conectados virtualmente ao mundo exterior apesar da distância física.
Os smartphones facilitam a adoção de protocolos mais seguros nos espaços físicos. Enquanto isto, os consumidores estão passando mais tempo em casa e mantendo interações virtuais parecidas com as que ocorriam na realidade física. Eles agora
dispõem de ferramentas digitais para realizar suas atividades dentro e fora de casa. Os consumidores, especialmente os grupos mais jovens, são indiferentes à escolha entre atividades físicas ou virtuais; eles já não distinguem uma da outra.”

REALIDADES COMBINADAS IMPULSIONAM VENDAS E VIABILIZAM A COLETA DE DADOS

“Empresas tradicionais estão adotando tecnologias de Realidade Figital, implementando processos que estimulam os clientes a visitarem o local com segurança, auxiliados por dispositivos inteligentes. Sistemas de reservas, códigos QR para menus, pagamentos sem contato e provadores virtuais são algumas
das estratégias que as empresas vêm implementando para minimizar as interações humanas. Para os estabelecimentos obrigados a fechar as portas temporariamente, foi essencial integrar o mundo virtual aos espaços físicos para atrair novamente a clientela.
As empresas estão oferecendo novos produtos via delivery, bem como serviços virtuais que replicam experiências do mundo exterior. As marcas podem oferecer soluções novas e existentes, tanto de forma presencial quanto virtual, para chegar
a um público maior, oferecendo serviços como agendamento de consultorias de compras por videoconferência, experiências de viagens em RV e uso de inteligência artificial (IA) na produção de cosméticos, bebidas e outros itens personalizados.”

Fonte: Euromonitor

” Entre as 10 principais tendências globais de consumo 2021, que a Euromonitor apresenta, destacamos o encontro entre os mundos físico e digital.