Blog

BNDES aprova financiamento de R$ 2,4 bi para fábrica da Fiat em Goiana

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) - aprovou financiamento no valor de R$ 2,4 bilhões para a construção de nova fábrica de automóveis da Fiat, com capacidade para 250 mil unidades por ano, no município de Goiana, em Pernambuco.

Além da nova unidade produtiva, o projeto contempla a instalação de uma fabrica de motores, um campo de provas, um parque de fornecedores para o desenvolvimento de novos veículos e investimentos sociais na comunidade local. Estima-se que serão gerados 4,5 mil empregos diretos e 12 mil indiretos no novo polo automotivo.

O empreendimento vai fortalecer a indústria nacional, por meio do aumento de capacidade de produção de automóveis, e permitirá a diversificação regional da produção de veículos, com impactos importantes sobre a geração de emprego e renda do Nordeste. O projeto terá impactos também sobre as encomendas da indústria de bens de capital, dado o elevado volume de máquinas e equipamentos nacionais, que representará investimentos de cerca de R$ 2,8 bilhões.

O governo de Pernambuco, em parceria com Sesi e Senai, promoveu um programa de qualificação de mão-de-obra local para atuação na construção civil. Além disso, as universidades do Estado de Pernambuco e o Politécnico de Turim, na Itália, promoverão cursos de qualificação para atendimento às necessidades de mão-de-obra especializada para o pólo automotivo.

As obras civis da nova fábrica deverão ser concluídas no primeiro semestre de 2014 e a planta tem previsão de entrada em operação no primeiro semestre de 2015. O projeto inclui a produção de novos modelos para o mercado nacional e exportação. A fábrica, que ocupará área de 3,3 milhões de metros quadrados, será estruturada em diferentes galpões, dedicados às principais etapas de produção: estamparia, funilaria, pintura e montagem final, além das áreas de utilidades.

Serão construídos também galpões para a instalação de fornecedores estratégicos integrados à fábrica, o que permitirá a entrega “just in time” dos principais componentes na linha de montagem. Essa iniciativa deverá contribuir para um gradativo processo de utilização de fornecedores locais e de redução de custos logísticos, similar ao que aconteceu em Betim (MG) - onde a Fiat Automóveis tem sua maior planta no mundo -, possibilitando a dinamização e o crescimento da economia local.

Campo de provas e fábrica de motores - A empresa vai construir um campo de provas com 11 tipos de pistas e diferentes pavimentos para testes tecnológicos, além de oficinas e escritórios.
A fábrica de motores ocupará área de 50 mil metros quadrados e terá capacidade para a fabricação de 150 mil motores/ano e geração de 550 empregos diretos. Os motores serão desenvolvidos visando reduzir o consumo de combustíveis e melhorar a performance dos veículos. A fábrica será composta de linhas de montagem e uma área de testes.

Investimento social e ambiental - Em parceria com o governo do Estado de Pernambuco, a Fiat vai construir uma Unidade de Atendimento em Especialidades Médicas no município de Goiana, para consultas, serviços de diagnóstico, orientação terapêutica e cirurgias. O investimento total está estimado em R$ 23 milhões. De acordo com o projeto, a nova planta industrial utilizará conceitos modernos de sustentabilidade: a água utilizada no processo industrial será tratada e reutilizada; haverá aproveitamento de luz natural e da energia solar, coleta seletiva de lixo e resíduos industriais, além do uso de materiais renováveis na construção de galpões, entre outras iniciativas. Todos os equipamentos que gerarem efluentes estarão interligados à rede de efluentes industriais dos galpões, que, por sua vez, os direcionará para uma estação de tratamento.

Fonte: Jornal do Comércio

« Voltar Tags: goiana, fiat, negócios, bndes
COMENTÁRIOS

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar!



(81) 3036-5176

Av. República do Líbano, 251 - Empresarial Rio Mar - Torre C, Sala 2801 - Pina - Recife/PE - CEP: 51110-160

 
Casullo Web