Blog

ABCP aposta no concreto para obras rodoviárias

O diretor regional do Norte e Nordeste da ABCP, pernambucano Eduardo Barbosa de Moraes, garante que o pavimento tem recomendação internacional

Braço tecnológico das indústrias de cimento no Brasil, a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) esforça-se para divulgar e ampliar a utilização da tecnologia do pavimento de concreto em obras rodoviárias do País.

Nesta semana, a ABCP confirmou que o Anel Viário de Fortaleza – cujas obras de duplicação foram paralisadas por força do escândalo de corrupção que se abateu sobre o Ministério dos Transportes e o Dnit – será a primeira estrada do Ceará a ter pistas com pavimento de concreto.

O diretor regional do Norte e Nordeste da ABCP, pernambucano Eduardo Barbosa de Moraes, garante: esse pavimento é o recomendado, mundialmente, para tráfego acima de 15 mil veículos/dia – como os que se registram em corredores urbanos, em rodovias de escoamento de safras e nas áreas portuárias.

“Quando bem executado, o pavimento de concreto dura até 40 anos, com manutenção mínima. E o gasto de conservação chega a ser até 10 vezes menor do que o de outras opções de pavimento”, explica Moraes.

Ele cita outra vantagem, comprovada pela Universidade do Estado do Arizona (EUA): em um pavimento de concreto, a distância de frenagem em pista molhada é 40% menor do que em outro tipo de pavimento.

Além disso, por causa de sua coloração clara, o pavimento de concreto oferece maior visibilidade à noite.

Agora, é torcer para que o Anel Viário fique pronto logo.

Fonte: Diário do Nordeste

« Voltar Tags: Negócios
COMENTÁRIOS

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar!



(81) 3036-5176

Av. República do Líbano, 251 - Empresarial Rio Mar - Torre C, Sala 2801 - Pina - Recife/PE - CEP: 51110-160

 
Casullo Web